– Vai encher o tanque do carro nos Estados Unidos? Faça você mesmo. O Serviço de um frentista custa alguns dólares a mais.

– Na França você paga o pedágio proporcional à distância percorrida. Pega um tiket na entrada e na saída é calculado o valor.

– Um Celta leva cerca de 12 horas para ser fabricado. Um Fusca levava até 42 horas.

– No Brasil, as saídas de postos de combustíveis tem alto índice de acidentes.

– Três minutos parado com o motor ligado poderia percorrer cerca de 1 quilômetro.

– O Chevette na verdade se chamaria Opalim, uma alusão ao Opala.

– Na Suíça é proibido lavar o carro aos domingos.

– Em alguns países árabes é proibido mulher dirigir.

– Pesquisas comprovaram que homens ao volantes que se perdem só perguntam a outros quando percebe que não tem mais jeito. As mulheres perguntam logo.

– O carro russo Lada foi o carro mais barato do mundo, agora é o indiano Tata Nano.

– Em boa parte do país o semáforo é conhecido como “sinal”, mas em São Paulo é chamado “farol” e no sul do Brasil é chamado “sinaleira”.

– Médicos recomendam parar na estrada para descansar a cada 150 quilômetros ou 2 horas de viagem.

– Se algum passageiro estiver sentindo enjoo é melhor ir no banco da frente (carona) do que atrás.

– Quando os pedais dos freios estão desgastados isto indica que o carro já percorreu mais de 70 mil quilômetros.

– Nos Estados Unidos, a diária do aluguel de um Ford Mustang Conversível custa cerca de 140 dólares. Já na Europa, por este mesmo valor, aluga um Corsa.

Como usar as milhas do seu cartão de crédito para renovar a casa.

Quer uma obra econômica? Milhas computadas em viagens e nas compras do cartão de crédito podem renovar sua casa. Há aquecedores a gás, bancadas de inox, torneiras, chuveiros e outros 300 itens à disposição para a troca. Confira!

Milhas ou pontos acumulados em cartão de crédito e em programas de fidelidade em geral são trocados por viagens. Mas em tempos bicudos, com o dólar alto e os ajustes no orçamento, vale avaliar se elas não merecem um novo destino. Uma sugestão? Você pode trocá-las por itens úteis para sua casa, as opções são variadas.

Quanto custa?

Cotados em milhas ou pontos, os valores são também diversificados. Se pesquisar sem pressa e com frequência, você pode encontrar boas investidas, promoções ou queima de estoque. Nessa busca, poderá também se deparar com algumas excentricidades, como uma lixeira de 40 mil pontos (saldo que dá para fazer uma viagem internacional bacana).

Vá com calma

Comprar milhas exige cautela, não é a melhor opção financeira. Vale ponderar sob o ponto de vista de uma escolha que serve para aquele momento. “Às vezes, a pessoa está afim daquele produto, naquela hora e não há planos de viajar. Melhor: as milhas vão expirar em breve.”

Como participar

O primeiro passo é ter um cartão de crédito que compute milhas, o que é oferecido por diversas instituições bancárias. Depois, você deve se filiar ao programa de fidelidade. No site da Associação Brasileira das Empresas de Fidelização (ABEMF) há uma relação.

Feito isso, a regra é clara: ao emitir passagem aérea, ao comprar em lojas conveniadas e também ao usar esse cartão de crédito para pagar conta, você aumenta seu saldo de milhas/pontos todos os meses ao pagar a fatura com o valor total.

Depois, acompanhe o saldo de tempos em tempos e resgate milhas/pontos conforme seu interesse e as possibilidades ofertadas pelo programa. Alguns programas permitem a compra extra de milhas/pontos, o que facilita alcançar o saldo desejável. Vale também ficar de olho na validade de pontos/milhas. Muita gente esquece ou desconhece esse detalhe. Conclusão: milhares de pontos caducam todos os anos sem uso.

AUMENTE A CIRCULAÇÃO DE AR

Procure aumentar a circulação de ar, pois o ar mesmo quente leva o calor excessivo para longe do seu corpo aquecido.
Se possível deixar uma janela aberta permitindo assim a entrada da brisa para refrescar o ambiente, use também um ventilador para circulação do ar.

 

FAÇA QUE O AR PASSE PELO GELO

Em um recipiente largo e profundo deposite gelo, coloque o recipiente de gelo diretamente em frente do ventilador, refrescando desta forma o quarto mantendo-o assim tempo suficiente para você dormir.

 

UTILIZE OS AROMAS REFRESCANTES DA AREON

Compre em nosso site Areon Brasil os aromatizantes que vão lhe deixar com uma sensação única;

 

USE UMA TOALHA DE GELO

Deposite cubos de gelo em uma toalha, enrole e amarre as pontas, pendure cada ponta da toalha em uma cadeira, direcione o ventilador na toalha e em direção da cama, o gelo derrete resfria a toalha e o vento do ventilador empurra o ar gelado em você. Acondicione um recipiente embaixo da toalha para capturar os pingos d’água que escorrerem.

 

DURMA NA POSIÇÃO ÁGUIA ABERTA

Nesta posição você separa as pernas e deixa os braços bem aberto, desta maneira o calor não ficará retido em um lugar só.

 

RESFRIE SEUS LENÇÓIS

Com um borrifador molhe um lençol com água fria ou gelada umedecendo-o.
Coloque um lençol seco por baixo do seu corpo e o use o lençol umedecido por cima do seu corpo.

 

TOME UM BANHO FRIO

Após o banho frio, não seque-se totalmente, deite na cama deixando que o ar seque o seu corpo, desta forma refrescará por um longo tempo.

1. Delegar funções para cada membro da família, coloque listas pela casa com os afazeres de cada um, ou marque sorteios semanais para definir quem vai ficar com qual tarefa.

2. Manter a ordem é algo que se faz todos os dias, o ideal é não deixar nada acumular: louça, roupas para lavar, passar ou guardar, brinquedos jogados no chão, copos pela casa, etc.

3. Faça a faxina pesada uma vez por semana, reúna a família para que todos ajudem e terminem mais rápido. Já tarefas mais pesadas ser feitas uma vez por mês. Mantenha uma lista com os itens para não esquecer o que deve ser feito.

4. Se as crianças gostam de brincar na sala, aposte em uma caixa bonita e que combine com a decoração da sala para armazenar os brinquedos.

5. Invista em produtos de limpeza mais potentes, que facilitem seu trabalho e evitem que você tenha que esfregar demasiadamente os objetos até que fiquem limpos.

6. Doe ou jogue fora o que não tem utilidade.

7. Separe e guarde a roupa de cama em conjuntos contendo um lençol de baixo, um lençol de cima e as fronhas. Você economizará tempo na hora de trocar a cama.

8. Lavar louça e limpar o fogão são tarefas que nunca devem ficar para depois. Além de acumular bagunça, deixar restos de comida pela casa pode atrair insetos e provocar cheiros desagradáveis.

9. No banheiro, deixe em cima da bancada apenas os itens de uso diário. Produtos reserva, perfumes especiais, escovas diferentes, etc., devem ser armazenados no armário.,

10. Para deixar a casa com um aroma especial. Ah assim só com os difusores e spray da Areon. Corra pro nosso site http://areonbrasil.com.br/home e compre já!

10 Motivos para AMAR seu carro véio!!

Aqueles que são apaixonados por carros antigos sempre se deparam com aqueles que não compreendem o amor pela tradição do antigomobilismo. As razões para amar um carro véio são inúmeras e incontáveis.

Conheça 10 delas!


1. Eles são únicos

Hoje em dia os carros são muito semelhantes. Possuem a mesma aparência, os mesmos adereços e funcionalidades. Não existe nada de especial no seu carro fora o fato de ele ser seu. Mesmo sendo o seu carro, você trocaria por aquele outro que é melhor, se pudesse. Os carros antigos não. Eles são únicos! São potentes, cada um a sua maneira e, claro, são belíssimos! Mas cada um com uma beleza, um atrativo e uma personalidade. Quantos corollas, civics ou captivas você vê por ai? São belos carros, mas ninguém mais olha, tem mais três iguais virando a esquina. Ah, mas ande por aí com um porsche spyder 550, um puma gtb ou um camaro antigo para você ver as pessoas torcendo o pescoço ao você passar, perceber outros motoristas acelerando ou mudando de faixa apenas para ver mais de perto, admirar os detalhes. Ué, mas não é “só um carro velho?”, é antigo, sim. Mas é único.

2. Eles são interessantes

Cada marca, cada modelo tem sua história. Já viu aqueles carros que grande parte é feita em madeira? Isso tem uma história. Durante a guerra havia escassez de aços e metais. Assim, começaram a ser produzidos carros em madeira, com apenas os acabamentos reforçados. São elegantíssimos, não são? Mas também interessantes. Vá a uma exposição ou um encontro de carros antigos e se depare com muitas relíquias e mostras de sua própria história. Carros que hoje existem apenas mais 10 ou menos pelo mundo, carros que foram fabricados por um tempo apenas com um objetivo específico e hoje são raridades, carros belíssimos que são ainda mais interessantes do que belos e talvez você nem saiba. Converse com o proprietário de um veículo antigo, ele com certeza saberá coisas muito interessantes sobre seu carro que você nem imaginava.
Você se interessa por histórias como essa? Entre no nosso canal para ouvir de proprietários apaixonados as histórias de seus carros antigos no programa “Eu e meu carro véio”.

3. Eles são fáceis de trabalhar

Tem um carro moderno? Já abriu o motor dele? É tudo tão “empacotado”, fechado e complexo. Se há algum problema é necessário ir até uma concessionária onde eles só conseguem solucionar aquele quebra cabeças e encontra o problema se ligarem o carro à um computador. O meu carro véio? Ah, esse sim. Eu abro o capô, já sei imediatamente qual é o problema e, o mais interessante, eu mesmo posso consertar. Eu trabalho no meu carro, cuido dele. Afinal, eu não deixaria que outros cuidassem do meu filho por mim. Eu reparo, aperfeiçoo e restauro meu carro no conforto da minha garagem. O motor é simples, as peças são fáceis de desvendar e o melhor é que o kit para trabalhar é barato. Eu passo horas trabalhando em meu carro. Já experimentou isso? É prazeroso, relaxante, é uma terapia, uma arte.

4. Eles permitem que você vá a um evento ou encontro e socialize

Existem diversos encontros, exposições ou eventos de carros antigos. Semanais, mensais, semestrais, anuais. Do bairro, da cidade, do estado, do país. Há acontecimentos de todos os tipos. Aqueles que amam carros véios tem sempre um motivo para sair de casa, ver carros únicos, com uma história. Conhecer novos carros, novos donos, novos adoradores. É sempre um motivo para conversar sobre essa paixão, socializar, fazer novas amizades, curtir novas vivências. A paixão pelo veículo antigo une aqueles que a tem.

5. É um hobby que inclui toda a família

Você já foi a um encontro de carros clássicos? Então viu lá senhores, senhoras, casais, adultos, jovens, crianças, bebês e até mesmo os animais de estimação, não é? Nunca foi a um encontro? Tudo bem, mas você provavelmente já foi almoçar fora em um domingo e viu uma família chegando em um carro antigo. O casal, o filho e até os avós. Isso porque a paixão pelo antigomobilismo é para todos e para todos em conjunto. É uma tradição que não é agradável só para homens, só para atletas ou para jovens. Não. É uma paixão que conta com beleza, delicadeza, nostalgia, cuidado e carinho. Como isso pode não incluir alguém?

6. Eles trazem memórias saborosas

Quer coisa mais nostálgica que um automóvel clássico. Os mais velhos se lembram de sua juventude, suas aventuras, suas paixões. Traz um gosto de saudade. Os jovens se lembram de andar em um desses com o avô, de ajuda-lo a encerrar o carro ou das histórias que ele contava. Traz gosto de carinho. Os pequenos se lembram da primeira vez que viram um carro tão diferente e seu pai lhe explicou sobre o carro e sua história, se lembram de quando aprenderam. Traz gosto de aprendizado. Todo mundo tem uma lembrança gostosa quanto o assunto é carro antigo e toda lembrança tem seu sabor.

7. Eles criam lembranças

Mais do que apenas memórias antigas e gostosas, essa paixão é capaz de criar novas lembranças. Uma viagem com a família, um passeio com os amigos, um encontro romântico com seu parceiro(a). Uma história engraçada, momentos de apuros, um momento de glória, um prêmio, um sonho realizado.

8. Eles têm a cara do dono

É muito interessante ver que cada carro antigo é a cara de seu dono. Há os apaixonados por todos os tipos, mas uma coisa é certa: o carro representa um pouco da personalidade de seu dono. Há aqueles que gostam dos esportivos, velozes e potentes. Há os que gostam dos grandes e elegantes. Há os que gostam dos pequenos e diferentes e há, ainda, os que gostam dos raros. Não importa o que você goste, o antigomobilismo pode te proporcionar um carro com essa característica e, tenha certeza, o carro vai ser a sua cara.

9. É uma terapia

Trabalhar no seu carro antigo é uma terapia. Seja arrumando uma peça quebrada, restaurando alguma parte para manter a originalidade, limpando, encerrando. Não importa o que. Mas trabalhar em seu carro traz tranquilidade, conforto e um momento de silencio no qual só estão você e seu querido carro.

10. O carro sempre valoriza com o tempo

O investimento em um carro antigo já não é tão alto quanto nos novos. Mas há mais um benefício. Reparem que usamos a palavra investimento. Sim. Porque os carros antigos são raridades e cada ano que passa é mais difícil encontrar um modelo X ou Y bem cuidado, com peças originais. Assim, esse veículo é cada vez mais valorizado no mercado e seu hobby passa a ser também um bem valioso.

BÔNUS: Ele te ama de volta

É claro que sabemos que os carros não tem sentimento. Mas é incrível a sensação de que seu carro antigo te ama de volta. Você o ama, cuida dele, tem orgulho dele. Ele agradece e te ama de volta, demonstra isso andando por ai, tirando sorrisos dos que olham para ele, criando oportunidades de passeios maravilhosos, de conhecer pessoas maravilhosas e de fazer algo que você ama. Existem mais de mil motivos para amar um carro véio, mas cada um deles individualmente já é motivo o suficiente.